9 de abril de 2017

Cabo San Lucas: O Arco e Centrinho da Cidade

Biquini: Triangl Swimwear
Pareo: Sofia By Vix
Em Cabo San Lucas fomos conhecer o Arco e a praia dos Amores e passamos algumas horas no centrinho da cidade! Como estávamos em 7 pessoas e um bebê, resolvemos alugar um barco particular para ir até o Arco e conhecer as praias. Mas existem diversas opções, como taxi boats, botes para grupos etc. Todos os hotéis podem informar as opções com facilidade! 
No centrinho eu finalmente comprei a minha caveira mexicana, tomamos alguns drinks no happy hour e claro, não poderíamos deixar de provar a torre de nachos, guacamole com chips e várias "salsas"! Tudo uma delícia, mas cuidado com a pimenta!! 








Los Cabos: Dica de Hotel e Centro da Cidade

Top: American Apparel
Saia: Gypset 
Fui conhecer Los Cabos, no México e vou dividir um pouco da minha experiência em dois posts. Esse primeiro focando no hotel e arredores. Los Cabos fica na costa oeste do México, bem ao norte, pertinho dos Estados Unidos. Deve ser por isso que tem tantos turistas americanos lá. A maioria dos mexicanos da região estão muito acostumados com uma grande quantidade de turistas o ano todo, falam inglês quase e são muito cordiais e atenciosos, tornando o serviço maravilhoso!
Maio: Aila Blue
Na minha opinião, essa é uma viagem para descansar e relaxar, por isso recomendo escolher um hotel com uma boa estrutura pois é lá que você vai passar a maior parte do tempo. 
Biquini: Sofia By Vix
Bolsa: Gypset
O Hotel que ficamos foi o Hyatt Ziva e não poderia ter sido melhor. Ele é All Inclusive (como a maioria dos hotéis da região) tem várias piscinas maravilhosas, bares e muitas opções de restaurantes a la carte. 
O Hotel é pé na areia, com muitas espreguiçadeiras, redes e cabanas na praia. 
O hotel á noite é maravilhoso. Eles acendem várias fogueiras, sempre tem música ou algum evento acontecendo!
O centrinho de Los Cabos é bem perto do "centro hoteleiro", onde estão a maioria dos hotéis, no máximo 5 minutos de carro ou ônibus. Nós pegamos o ônibus local para ir até lá, o que custou menos de U$ 1,00 (dólar) por pessoa e acho muito mais gostoso, porque faz parte da experiência de conhecer o local de verdade! Mas pra quem preferir o taxi, custa cerca de U$ 7,00.
O centrinho é muito pequeno, com poucas opções de lojas e alguns bares e restaurantes. A região vende bastante itens em prata, artesanatos em couro como bolsas e carteiras e as famosas caveiras mexicanas em barro e pintadas a mão. Foi pra comprar essa caveira que eu fui ao centro, mas as lojas de lá são bem mais caras do que no centro de Cabo San Lucas, então demos um giro por lá e decidimos esperar ir até o centro maior para fazer as comprinhas! Cabo San Lucas, fica a uns 25 minutos em direção ao sul de Los Cabos. Os taxis costumam cobrar U$40 (dólares) para ir de Los Cabos a Cabo San Lucas. 
No próximo post vou contar um pouco mais sobre Cabo San Lucas e o passeio para conhecer o famoso Arco de San Lucas! Clica aqui

10 de outubro de 2016

Make: Olho tudo, boca nada

Adoro maquiagem com foco nos olhos. Essa que o Andrei Branco fez está bem verão porque ele não carregou muito na pele, mas marcou bem os olhos com esfumado em tons de marrom e delineado preto na pálpebra superior. Além disso, ele colocou cílios poderosos e aplicou lápis branco na linha d´água para abrir o olhar! Como o olho estava bem elaborado, optamos por uma boca bem natural. Adorei o resultado!


Homemade Granola Bars: Barra de Aveia com Proteína


Esses dias eu caí da cama as 5:30 da manhã e não conseguia mais dormir por nada. Resolvi ir para a cozinha e inventar algo. Adoro me aventurar na cozinha, principalmente se for pra fazer opções saudáveis! Dessa vez fiz barrinhas de cereal com proteína isolada. Todo mundo sabe que as barrinhas industrializadas não são a melhor opção de lanche, né? Primeiro, por que elas contêm muito açúcar e conservantes e segundo, porque são um alimento alto em carboidratos e baixo em proteínas. Por isso, se você é como eu, que precisa de uma guloseima para disfarçar a vontade de comer doces, o ideal é fazer a sua própria versão saudável das amadas barrinhas de cereal!

Vou passar a receita, eu fiz com o que achei na despensa, mas você pode adaptar da maneira que preferir. Pode variar sempre desde que tenha essa base: FRUTAS SECAS + AVEIA + NOZES/CASTANHAS + PROTEÍNA ISOLADA + ÓLEO DE CÔCO.
Ingredientes:

- 12 damascos secos (ou 5, 6 tâmaras secas)
- 1/2 xic de frutas secas (uva passa, cranberry, blueberry, goji...)
- 2 colheres de sopa de mel
- 1 colher cheia de óleo de côco
- 1 xíc de aveia grossa
- 1/2 xícara de farelo de aveia (pode processar a aveia grossa)
- 50 g de amêndoas
- 20 g de castanha de caju
- 2 scoops de proteína isolada (usei a de chocolate Vegan da Sun Warrior)
- 10 gotinhas de adoçante
- essência de baunilha a gosto
- canela em pó a gosto

Preparo:

Em um processador pique as nozes e castanhas (eu costumo deixar uma parte mais fina e outra bem grossa) e reserve. Em um recipiente grande, misture as nozes a aveia, o farelo de aveia e a canela.
No processador, bata bem os damascos, metade das frutas secas, mel, óleo de côco, adoçante, baunilha e a proteína isolada. Se necessário, coloque uma ou duas colheres de sopa de água. Quando estiver bem processado, junte essa "pasta" com o restante dos ingredientes do recipiente e a outra metade das frutas secas e misture muito bem.

Forre uma assadeira com papel alumínio e despeje a mistura, pressionando muito bem para ficar compacto.

Essa receita pode ser RAW (crua, sem usar o forno) ou se preferir que fique mais crocante pode colocar no forno médio por 10 minutos. Eu deixo uns minutinhos no forno só pra incorporar bem, assim ela não quebra tanto quando eu corto! Quando estiver morno, corte as barrinhas com uma faca de serra e leve á geladeira. Se você não usou o forno, refrigere por 2 horas e depois corte. Para durar bastante eu costumo deixá-las no congelador! Não fica duro por causa do óleo de côco e das frutas processadas.

Bom apetite! ;)

19 de setembro de 2016

Ushuaia: El Fin Del Mundo

Quem me acompanha por aqui sabe que uma das minhas maiores paixões é viajar! Acho que essa é uma paixão que eu devo dividir com muitos de vocês, não? ;) Esse ano fui a um lugar que sempre tive muita curiosidade e vontade de conhecer, o Ushuaia. Fui com a família inteira e valeu cada segundo! Se você gosta de esportes na neve e paisagens completamente diferentes do que estamos acostumados aqui no Brasil, essa viagem também é pra você!
Ushuaia fica na patagonia Argentina e é a cidade mais austral do mundo, por isso é conhecida como o "Fim do Mundo", pois fica ao extremo sul do continente! Ela é capital da Terra do Fogo e tem apenas 50 mil habitantes.

Um fator que nos fez pensar muito se devíamos ir ao Ushuaia é que lá não existe a possibilidade de se hospedar em algum lugar Ski In/Ski Out (que quer dizer que a hospedagem fica na própria pista, ou seja, você não precisa se deslocar para começar a esquiar diariamente). Ficar em um Hotel na beira da pista é definitivamente um dos fatores mais importantes em uma viagem de esporte, na minha opinião. E no Ushuaia não existem hotéis na montanha... Mas mesmo assim, resolvemos que queríamos conhecer El Fin Del Mundo e fechamos a viagem com uns 6 meses de antecedência.
A estação: Cerro Castor 
A estação fica a 26km do centro de Ushuaia, uns 20 minutos de carro.
A montanha é muito boa para todos os níveis de esquiadores. Tem 31 pistas, totalizando um roteiro esquiável de mais de 30km. O que é bastante para a América do Sul.
Época:
É conhecida como a temporada mais longa da America do Sul, pois é bem frio e neva bastante!
Aliás, uma curiosidade sobre isso: o filme "O Regresso", com Leonardo DiCaprio estava sendo filmado no Canadá, mas a neve começou a derreter antes de acabarem as filmagens. Por causa disso eles acabaram escolhendo o Ushuaia para terminar o filme, já que lá teria neve com certeza!!
Nós fomos de 20 a 28 de agosto e tinha bastante neve, nessa semana nevou a cada 2 dias.
Equipamentos de Esqui e Snowboard:
Eu recomendo alugar o equipamento na própria estação, assim você não tem que ficar carregando tudo pra lá e pra cá todos os dias (já que você terá que pegar algum tipo de transporte diariamente).

Hospedagem:
Só posso falar do que conheci. Ficamos no Hotel Arakur e adoramos! É um hotel bem novinho, com uma decoração super diferente e ótimas instalações. Tem piscinas climatizadas internas e externas, spa, academia, bares e restaurantes. Aliás, foi lá que o DiCaprio se hospedou também!! ;)

O hotel não é exatamente no centrinho, fica a uns 10 minutos de carro. Mas o Hotel oferece transfers até o centro a cada hora sem custo nenhum.
Esse era o meu quarto:

Pra finalizar o post, fiz uma compilação com todos os videozinhos que gravei esquiando! Foi com o meu celular mesmo e editei com um aplicativo pra iPhone (Splice), então está bem amador hein!!


Recomendo a viagem ao Ushuaia? Pensando no esporte: 100%!! Dos lugares que eu conheço, é a melhor opção para se esquiar na América do Sul! Se o seu intuito é o esporte e se você puder associar essa viagem de esporte ficando em um bom hotel, aí a sua viagem está garantida!! Rsrs
Eu digo isso pois a cidade em si é super pequena, não tem muita infra-estrutura, as construções e ruas não são das mais bonitas ou charmosas... Em contrapartida, Ushuaia tem bons restaurantes (vou fazer um post só deles), mas é só isso. Por isso recomendo ficar em um bom hotel, com bons quartos, piscina climatizada etc... :)

Espero que tenham gostado das dicas! Se quiserem saber mais alguma coisa é só comentar aqui que eu respondo!

Related Posts with Thumbnails